Copy
Quinta-Feira, 05/05/2022
Firjan no Pavilhão Brasileiro na OTC 2022

Após um período de restrições e recuperação frente à pandemia, o Brasil marcou presença na Offshore Technology Conference, em Houston. E a Firjan - Federação das Indústrias do Rio de Janeiro participou ativamente da abertura da Offshore Technology Conference – OTC 2022, em Houston, nos Estados Unidos. A Federação, mais a Firjan Senai e a Firjan SESI estão presentes no estande da ONIP - Organização Nacional da Indústria do Petróleo, no Pavilhão Brasil, organizado pela ApexBrasil.
Em coletiva de imprensa, organizada pela ApexBrasil para jornalistas internacionais, o vice-presidente da Firjan, Raul Sanson, destacou que estado do Rio de Janeiro é a capital do óleo e gás no Brasil. “Não apenas temos as principais empresas lá instaladas, mas...

clique aqui para ler a notícia completa
"Snake"
"Snake" torna a produção offshore mais segura

Especialistas da TÜV Rheinland desenvolveram uma nova sonda para inspecionar a corrosão dos poços de petróleo e gás offshore. A ferramenta de inspeção apresenta um design de esteira tipo lagarta, tem mais de 1 metro de comprimento e é tão ágil quanto uma serpente. Diferente de todas as sondas de inspeção anteriores, a "PEC Snake" pode penetrar através de um orifício de 2 polegadas ou um braço de válvula...

clique aqui para ler a notícia completa
Termina em 7 de maio prazo para postos exibirem preços com duas casas decimais

A partir do dia 7 de maio, os revendedores de combustíveis do país deverão exibir os preços com duas casas decimais, não mais com três. A norma está disposta na Resolução ANP nº 858/2021, que deu prazo até essa data para se adequarem. O objetivo da mudança é deixar o preço do combustível mais preciso e claro para o consumidor, além de estar alinhado com a...

clique aqui para ler a notícia completa
Parceria
Parceria
Braskem e Lummus

A Braskem, maior produtora de biopolímeros do mundo, e a Lummus Technology, fornecedora global de tecnologias de processo e soluções energéticas orientadas a valor, formaram uma parceria que visa licenciar mundialmente a tecnologia da Braskem para produção de eteno verde. Essa parceria acelerará o uso de bioetanol para produtos químicos e plásticos, apoiando os esforços da indústria em direção a...

clique aqui para ler a notícia completa
Eberaldo Almeida deixa a presidência do IBP em maio; Ardenghy assume

Eberaldo de Almeida Neto comunicou ao presidente do Conselho de Administração do IBP - Instituto Brasileiro de Petróleo e Gás, Rafael Chaves, sobre o seu desejo de não renovar o contrato com a entidade, colocando-se à disposição para o cumprimento do período que se encerra em 31 de maio. O assunto foi submetido ao Conselho do IBP, que deliberou sobre sua substituição.
Experiente executivo do setor com passagem pela diretoria da Petrobras, Eberaldo Almeida contribuiu no...

clique aqui para ler a notícia completa
ANP aprova criação do Plano de Trabalho Exploratório 

A Diretoria da ANP aprovou (28/4) a resolução que cria o Plano de Trabalho Exploratório (PTE). A norma estabelece os requisitos e os procedimentos para a apresentação do PTE pelas empresas detentoras de contratos de exploração e produção de petróleo e gás natural, bem como de sua aprovação pela Agência.   
A nova resolução visa unificar o Programa Anual de Trabalho e Orçamento (PAT/OAT) da Fase de Exploração e o Plano de Exploração (obrigatório para contratos de partilha da produção) em...

clique aqui para ler a notícia completa
Posicionamento do IBP sobre os preços dos combustíveis no Brasil

Os preços dos combustíveis e os custos de energia em geral, em qualquer país, permeiam toda a atividade econômica e impactam toda a sociedade. Atualmente, o mundo vive um desbalanço conjuntural entre oferta e demanda por energia causado pela retomada econômica após período de baixa atividade imposto pela COVID-19 e pelo conflito na Ucrânia. No Brasil, em especial, a volatilidade e o aumento dos...

clique aqui para ler a notícia completa
Capacidade
Capacidade de captura de carbono deve aumentar mais de 10 vezes até 2030

À medida que a transição energética se acelera, os projetos globais de captura, utilização e armazenamento de carbono (CCUS) estão a caminho de retirar mais de 550 milhões de toneladas de CO2 da atmosfera todos os anos até 2030, mostra a pesquisa da Rystad Energy. 
Esse crescimento de capacidade representa um aumento de mais de dez vezes em relação aos atuais...

clique aqui para ler a notícia completa
Demanda por petróleo pode atingir pico nos próximos dois a cinco anos

Segundo estudo  'Global Energy Perspective 2022' da McKinsey & Company, a demanda por petróleo pode atingir seu pico nos próximos dois a cinco anos. O principal fator para a redução no crescimento provavelmente será uma desaceleração no crescimento da demanda por transporte rodoviário, acrescentou o relatório. Enquanto o petróleo vem crescendo em 1-2 MMb/d, metade do qual foi devido ao...

clique aqui para ler a notícia completa

PATROCINADORES





















Facebook
LinkedIn
Want to change how you receive these emails?
You can update your preferences or unsubscribe from this list.