Copy
Edição 29 | Abril de 2019
Temos a dupla missão de refletir sobre a fragmentação noticiosa no meio digital e de criar ferramentas e técnicas para identificar e promover um jornalismo confiável e de qualidade na internet. 

Nosso consórcio de mídia: AbrajiAgência Lupa, Agência Mural, ÉpocaFolha de S. Paulo, Gazeta do PovoJornal da Cidade, Jornal do CommercioJornal de JundiaíNexo JornalNova EscolaO Estado de S. PauloO Globo, O LivreO Povo, piauíPoder 360UOL, Valor Econômico e Zero Hora.

O que há de novo

 

 
Os oito adotantes iniciais brasileiros 
  • Estes veículos trabalham para adotar um ou mais dos indicadores de credibilidade: Agência Lupa, Agência Mural, Folha de S. Paulo, Jornal do Commercio, Nexo Jornal, Nova Escola, O Povo e Poder 360
  • Criado pelo Trust Project, o Protocolo Mínimo Viável (MVP) prevê a adoção de três indicadores: Melhores Práticas, Tipo de Matéria e Autor/Produtor
  •  Aqui, a lista completa dos indicadores de credibilidade
 

Inscrições para o lançamento do Credibilidade
  • As inscrições gratuitas podem ser feitas através deste link. O evento será no dia 8 de maio, das 9h às 12h30, no auditório do IFT, no campus Unesp na Barra Funda, em São Paulo
  • Os representantes dos veículos adotantes serão convidados a exibir as respectivas interfaces e a debater a respeito com o jornalista Carlos Eduardo Lins da Silva, professor da USP e do Insper
  • A diretora do Trust Project, Sally Lehrman, será a principal oradora do evento. Após sua fala, Lehrman irá debater com o jornalista Daniel Bramatti, presidente da Abraji, e responder perguntas da plateia

THE TRUST PROJECT

Reprodução de ilustração de Martin Virtel -
Shipbuilding Picture Dictionary

 
Agência alemã dpa lança API para metadados do Trust Project

A agência de notícias alemã dpa, lançou de forma experimental, um serviço que visa fornecer os metadados (dados sobre dados legíveis para computador) de artigos jornalísticos adotantes do sistema de indicadores do Trust Project, de forma integral e direta ao site republicador final. Segundo Martin Virtel, consultor da dpa e desenvolvedor do serviço, as agências de notícias enfrentam um grande desafio ao tentar localizar seu conteúdo original disperso globalmente. Além da localização, o serviço de metadados da dpa deve permitir também a automação de correções e atualizações da matéria. Virtel apresentou a novidade durante uma conferência do International Press Telecommunications Council (IPTC) realizada no início de abril em Lisboa. 

ESTANTE VIRTUAL



Palestra de Claire Wardle no TED2019 / Reprodução Twitter

Wired: Wardle propõe esforço global para catalogar conteúdo digital problemático

Segundo um relato da repórter Emily Dreyfuss, da revista Wired, a pesquisadora britânica Claire Wardle propõe um "plano selvagem" para combater a desinformação digital. Apresentada no dia 17 durante a conferência TED19, realizada no Canadá, o plano criado em parceria com o pesquisador italiano Alexios Mantzarlis prevê uma campanha contínua de crowdsourcing em nível global para formar uma "wikipédia da credibilidade." Funcionaria assim: recém-lançada por Wardle e Mantzarlis, uma coalizão chamada Civic (acrônimo para Coalition to Integrate Values Into the Information Commons) reuniria o conteúdo problemático enviado por especialistas em sinalizar, decifrar e catalogar memes falsos e atividades de bots, adicionando o necessário contexto cultural às imagens e informações que pudessem gerar novos "boatos zumbis."  A fim de que a ideia dê certo, Wardle defende que as plataformas tecnológicas compartilhem com o Civic os dados que detêm sobre desinformação. Se bem-sucedido, o catálogo passaria a ser alimentado também por usuários. Nesta sua fase inicial, a iniciativa é encubada pela Fundação TED, onde Wardle e Mantzarlis são fellows em 2019.


 
 

 Reprodução 

Reuters Institute: redações da África e Ásia inovam contra onda de desinformação 

Publicado pelo Instituto Reuters para o Estudo do Jornalismo da Universidade Oxford, o estudo Lições em Inovação: como organizações noticiosas internacionais combatem desinformação através de jornalismo cívico, de autoria da pesquisadora Julie Posetti, identifica estratégias jornalísticas comuns em redações da África do Sul, Filipinas e Índia, países que em 2019 enfrentam ondas de desinformação em meio a acirradas campanhas eleitorais.

Segundo Posetti, “veículos digitais inovam por necessidade, enquanto exercem sua missão e valores jornalísticos, adquirindo novas habilidades e vantagens competitivas.” Tais esforços têm permitidos a criação de conexões com suas audiências e, em alguns casos, novas fontes de receita.  Para produzir o relatório, Posetti passou um mês dentro das redações do Rappler (Filipinas), Daily Maverick (África do Sul) e The Quint (Índia). As principais conclusões do estudo:
 
1. Uma missão clara ajuda a focar a inovação
2. O jornalismo orientado pela missão pode dividir o público, mas não é o mesmo que o partidarismo
3. A capacidade de “pivotar” em resposta a uma crise é um marcador de inovação
4. O público pode ser parte da inovação do jornalismo
5. A reportagem pode alimentar a inovação do veículo 
6. Inovação requer investimento em novas habilidades, ferramentas, técnicas e treinamento (não importa quão limitados sejam os recursos)
7. A inovação pode se basear em valores fundamentais, mas também exige análise constante sobre a necessidade de uma mudança mais fundamental
8. As inovações precisam ser compartilhadas por toda a redação para evitar o isolamento
9. Com uma missão clara, é possível fazer um jornalismo relevante e inovador para um grande público, mesmo com poucos recursos 
 
Copyright © 2018 | Projeto Credibilidade. Todos os direitos reservados.
Instituto para o Desenvolvimento do Jornalismo - Projor
Programa de Pós-Graduação em Mídia e Tecnologia - Unesp


Quer alterar a forma como você recebe esse email?
Você pode atualizar suas preferências or cancelar o recebimento






This email was sent to <<Email Address>>
why did I get this?    unsubscribe from this list    update subscription preferences
Projeto Credibilidade · Av. Brigadeiro Faria Lima, 1461 – 6o. andar – sala 01 · São Paulo, SP 01452-002 · Brazil

Email Marketing Powered by Mailchimp