Copy
Edição 17 | Abril de 2018
Temos a dupla missão de refletir sobre a fragmentação noticiosa no meio digital e de criar ferramentas e técnicas para identificar e promover um jornalismo confiável e de qualidade na internet. 

Nosso consórcio de mídia: AbrajiAgência LupaAos Fatos, ÉpocaFolha de S. Paulo, Gazeta do PovoJornal da CidadeJornal de JundiaíNexo JornalNova EscolaO Estado de S. PauloO Globo, O PovoPiauíPoder 360UOL, Valor Econômico e Zero Hora.

O que há de novo


Adoção do MVP do sistema de indicadores de credibilidade 

Temos nos reunido com os veículos adotantes iniciais do Produto Mínimo Viável (MVP), cuja primeira fase inclui os seguintes indicadores de credibilidade:
  • Melhores práticas - quais são os seus padrões?
  • Tipo de Matéria - etiquetas para distinguir opinião, análise, humor e publicidade (conteúdo patrocinado) de reportagens noticiosas
  • Autor/Repórter: quem reportou isso?
  • Citações e Referências - para matérias investigativas ou em profundidade, maior acesso às fontes por trás dos fatos e afirmações
  • Metodologia - também para matérias em profundidade, informações sobre como os repórteres decidiram apurar a matéria e o que fizeram durante o processo.
Temos também nos reunido com os novos parceiros para apresentar o sistema de indicadores em profundidade, recomendando que escolham os que consideram prioritários para o início da adoção. 

Design day – Dia 26 de junho na Folha de S.Paulo 

Para evitar que nosso primeiro evento de geração de protótipos para interfaces coincidisse com um jogo da seleção brasileira na Copa do Mundo, ele foi reagendado para o dia 26 de junho, a terça-feira que antecede o Congresso da Abraji, em São Paulo. Informaremos em breve os detalhes.  

Respostas a perguntas frequentes 


A fim de prestar contas sobre a natureza do projeto e a formação do nosso consórcio de mídia, temos aprimorado continuamente nossa seção de perguntas frequentes no site do Credibilidade.

Destacamos:

Critérios para a formação do consórcio de mídia: por questões operacionais decorrentes da fase atual de implementação, no início de 2018 o consórcio de mídia brasileiro conta com 18 integrantes, entre veículos da chamada grande imprensa e veículos nativos digitais, além da Abraji, parceira institucional do projeto.

Nosso trabalho consiste em colaborar com os veículos, ajudando-os a adotar e/ou fortalecer práticas editoriais e desenvolver interfaces digitais para a expressão dos indicadores nas plataformas de distribuição. À medida que o projeto avance, iremos expandir o consórcio.

Critérios para integrar o consórcio de mídia: Focamos em veículos que tenham uma política de ética (mesmo que ainda não esteja publicada em seu website), que produzam conteúdo jornalístico original (reportagem baseada em fatos) e tenham um compromisso claro com o interesse público.



Evento do Projor na Unicamp no dia 26 de abril 

Em parceria com o Labjor da Unicamp, o Projor celebrará seus 16 anos com um simpósio realizado em parceria com o EDICC (5º Encontro de Divulgação de Ciência e Cultura). Além de associados do Projor, o simpósio contará com a participação de Michael Schudson, professor da Escola de Jornalismo da Universidade Columbia (via videoconferência); José Roberto de Toledo, jornalista da Piauí e de Sérgio Spagnuolo, diretor do Volt Data Lab, entre outros. Aqui, o link para inscrições. E aqui, o link para a transmissão via streaming, a partir das 9h30.

The Trust Project

 
Reprodução do Twitter @JournEthics
 
Trust Project recebe doação de US$ 150 mil de Craig Newmark para segunda fase de implementação 

Criador do sistema de classificados digital craiglist e um dos fundadores do Trust Project, Craig Newmark se comprometeu a doar US$ 150 mil para viabilizar a segunda fase de implementação do sistema de indicadores em redações norte-americanas e europeias. Num post publicado pelo Centro Markkula de Ética Aplicada, que sedia o projeto, Newmark disse: "sou um consumidor de notícias e quero notícias em que possa confiar. O Trust Project compreende a essência do que isso significa, ajudando a fortalecer a transparência das notícias e muito mais."

Para Sally Lehrman, diretora do Trust, "o compromisso de Craig com o projeto foi essencial desde os nossos primeiros dias. Seu compromisso com a integridade noticiosa como um motor da democracia é profundo e ele é um conselheiro sobre credibilidade."

ESTANTE VIRTUAL


Poynter: Washington Post ganhou um Pulitzer por enfrentar "notícias falsas" com fatos

Segundo um artigo de Indira Lakshmanan, especialista em ética jornalística do Instituto Poynter e colunista do jornal The Boston Globe," se houvesse um [prêmio] Pulitzer para a ética do jornalismo, ele iria para The Washington Post pela transparência radical em suas reportagens rigorosas, expondo a alegada perseguição sofrida por meninas adolescentes movida pelo candidato [republicano] ao Senado Roy Moore e a tentativa fracassada do Project Veritas de criar uma armadilha para ludibriar o Post com uma falsa vítima." Lakshmanan destaca a série de reportagens sobre Moore que rendeu o prêmio ao jornal não apenas pelas revelações, mas também pela transparência ao relatar os métodos investigativos usados na apuração. O Post é um dos adotantes iniciais do Trust Project.
 

NYT: Reporte para a América apoia o jornalismo onde os cortes mais castigam

Nelly Bowles, do The New York Times, reporta sobre a fase piloto do projeto Reporte para a América, iniciativa de uma organização sem fins lucrativos inspirada no programa AmeriCorps e apoiada financeiramente pelo Google com a missão de instalar mil jornalistas em redações americanas com carência de repórteres até 2022. O projeto já colocou três repórteres na região dos Apalaches e de um total de 740 candidatos, selecionou mais nove jornalistas a serem enviados para jornais locais americanos em junho. Cada repórter recebe um salário anual de cerca de US$ 40 mil, cuja metade é bancada pelo programa e a outra metade bancada por doações e pelos jornais beneficiados. Segundo o Times, "historicamente repórteres começam suas carreiras em pequenas publicações e se mudam progressivamente para [veículos] maiores. Atualmente, jovens jornalistas tendem a encontrar oportunidades de trabalho logo depois da faculdade – mas os empregos frequentemente encontrados não exigem que conversem cara a cara com os personagens das matérias ou que aprendam sobre diferentes comunidades."

Copyright © 2018 | Projeto Credibilidade. Todos os direitos reservados.
Instituto para o Desenvolvimento do Jornalismo - Projor
Programa de Pós-Graduação em Mídia e Tecnologia - Unesp


Quer alterar a forma como você recebe esse email?
Você pode atualizar suas preferências or cancelar o recebimento






This email was sent to <<Email Address>>
why did I get this?    unsubscribe from this list    update subscription preferences
Projeto Credibilidade · Av. Brigadeiro Faria Lima, 1461 – 6o. andar – sala 01 · São Paulo, SP 01452-002 · Brazil

Email Marketing Powered by Mailchimp