Copy
124 velas de aniversário para uma ponte belga no Brasil

No dia 22 de novembro de 1896 a ponte metálica ferroviária sobre o rio Negro, na divisa entre os estados de Paraná e Santa Catarina, foi aberta. Ela foi construída nos estaleiros da Compagnie Dyle et Baccalan, em Louvain, Bélgica e levou apenas um ano para ser montada e entregue.  As medidas oficiais da ponte são 71,46m de comprimento, 7,00 de largura e 8,10m de altura. 



Essas medidas são famosas, pois a ponte é mais curta que os taludes que margeiam o Rio Negro. Alguns dizem que foi erro de engenharia, pois mediram a distância das margens pelo leito do rio, o que parece viável, pois o seu comprimento é exatamente o da largura do rio em época de seca. Uma versão folclórica apresenta a famosa história da troca das pontes. Segundo tal versão, a ponte que era para ser do Rio Negro foi enviada para um rio homônimo existente na África, e a de lá, mais curta, veio parar no Paraná. Entretanto, mesmo sendo folclórica, os habitantes de Rio Negro e Mafra preferem acreditar na confusão da remessa, e não no equívoco da engenharia que poderia ter mandado as medidas erradas. 

A resposta encontra se no Arquivo Público do Paraná no "Relatorio apresentado ao Ex. Sr. Dr. Francisco Xavier da Silva, Governador do Estado do Paraná” de 1895, que contém uma descrição detalhada sobre a ponte encomendada pelo Governador. O pedido menciona "uma ponte de superestrutura metálica de setenta metros de vão livre e sete de largura".  Desta maneira, podemos concluir que foram enviadas medidas erradas para a Bélgica. 

A ponte é de ótima qualidade, pois está de pé até os dias de hoje. Em 2000 ela foi tombada pelo Governo do Estado do Paraná. 

Mais informações em http://www.belgianclub.com.br/pt-br/heritage/ponte-met%C3%A1lica-rio-negro-mafra-ponte-met%C3%A1lica-dr-diniz-assis-henning  

 

Ótimos presentes de Natal

O fim do ano está chegando, um tempo para pensar em presentear familiares e amigos. Que tal oferecer o livro “Sabores belgas no Brasil” ou o livro “Ad. H. van Emelen: A trajetória de um artista belga em São Paulo” as pessoas queridas, que trabalham com você, são sócios ou mesmo um amigo secreto?

Até o dia 6 de dezembro, na compra de dois exemplares do mesmo título, você ganha um grátis. Essa ação promocional só está disponível pelo site: https://patrimoniobelga.lojavirtualnuvem.com.br/

E, caso queira comprar mais exemplares, entre em contato para conhecer mais sobre os descontos progressivos.

Feliz Natal e um 2021 com saúde, paz e muitas realizações!!



Ad. H. van Emelen: A trajetória de um artista belga em São Paulo. Escrito por Marc Storms, publicado em 2018. – 144 p. - 23,5 x 30 cm. Full colour. 

Lindo o trabalho do Van Emelen e o livro feito pelo Marc ficou incrível! Como é importante manter a história das peças que às vezes olhamos, mas não vemos, né? Treinar e presentear o olhar! Marc arrasou! Ele revelou-se um ótimo pesquisador e escritor. Lúcia de São Paulo

Um trabalho de altíssimo nível, ricamente ilustrado, muitissimamente bem escrito, de alto valor histórico e uma qualidade gráfica inquestionável. Parabéns. Opinião de Benilson Toniolo, Secretário Municipal de Cultura de Campos do Jordão

Trata-se de uma pesquisa minuciosa e bem documentada, que possui uma escrita agradável e envolvente. Parabéns! Klency de São Paulo

Sabores belgas no Brasil. Escrito por Marc Storms, publicado em 2019. – 128 p. - 16 x 23 cm. Full colour. 

Gostaria de parabenizar o Marc pelo livro didático que se destaca para ser um ótimo presente de Natal. Damien Grimmelprez, CEO Parafix e Cônsul Honorário da Bélgica em Campinas

Nossa história no Brasil está contada maravilhosamente. Meus cumprimentos por este livro brilhante. Recebi hoje o livro SABORES BELGAS NO BRASIL, de tua autoria. Estou achando incrível e de leitura muito interessante. Jacqueline de Bauru

Ton livre m'est bien parvenu; et il a beaucoup plu à ma femme qui, cependant, aurait voulu y voir plus de recettes; mais c'est une oeuvre remarquable à célébrer. Bravo! Abraços, Philippe de São Paulo

Apoie o mapeamento histórico e cultural da atuação das empresas belgas no Brasil

Empresas belgas deixaram e ainda deixam traços materiais de suas atividades e criatividade no Brasil. Referimos-nos, entre outros, à pontes, estradas de ferro, estações e material rodante ferroviário, ladrilhos e azulejos, vitrais e esculturas.

Um inventário dessa herança histórica está sendo criado e pode ser visto no site do Belgian Club Brasil em http://www.belgianclub.com.br. Novas descobertas estão constantemente sendo incluídas no site.
Esta iniciativa tem sido apoiada por trabalho voluntário como por exemplo traduções, edições de textos e fotografias, e patrocinadores. Estamos muito agradecidos à Barry Callebaut, nosso patrocinador atual. Gostaríamos muito de contarmos, em breve, com o nome e logotipo da sua empresa no site. Mais e detalhadas explicações sobre nossa política de patrocínio podem ser encontradas na página http://www.belgianclub.com.br/pt-br/patrocinador.
Leia Mais
Copyright © 2020 Patrimônio belga no Brasil, All rights reserved.


Deseja alterar a forma como você recebe esses e-mails?
Você pode atualizar sua inscrição ou cancelar a assinatura.


Email Marketing Powered by Mailchimp