Copy
Frete grátis dos livros Sabores e Ad. H. van Emelen

Nesses tempos que somos convidados a ficar mais tempo em casa, compre seu livro "Sabores belgas no Brasil" ou "Ad. H. van Emelen: A trajetória de um artista belga em São Paulo" com frete grátis.
Oferta só válida para compras no site
https://patrimoniobelga.lojavirtualnuvem.com.br/produtos/sabores-belgas-no-brasil/
https://patrimoniobelga.lojavirtualnuvem.com.br/produtos/livro-de-arte-ad-h-van-emelen/



Aproveite a leitura e teste as receitas! E siga os cuidados!

O olhar do presbítero belga Schoenaers nos seus anos no Sul do Brasil

Hoje celebramos o dia de aniversário de Gerard Schoenaers. Ele nasceu em Helchteren, Bélgica, em 18 de março de 1872. Entrou na abadia de Averbode em 1891, onde foi ordenado presbítero e recebeu o nome religioso de Tomás.

Em 1901 foi enviado ao Brasil para trabalhar no recém-fundado colégio do Espírito Santo na cidade de Jaguarão, no Rio Grande do Sul, no sul do Brasil, onde esteve de 1901 a 1904. Ele trabalhou como professor e publicou sobre sua experiência o livro Drie jaren in Brazilië Três anos no Brasil (1904, Averbode).

O livro é composto por 59 cartas, escritas ao sabor dos acontecimentos e enviadas para a Abadia na Bélgica, sendo ali publicadas regularmente no jornal O Mensageiro. Os objetivos do padre Thomas não eram apenas descrever e compartilhar, com seus conterrâneos e outros religiosos as narrações sobre uma terra desconhecida. Seu objetivo era também conseguir apoio da comunidade católica belga para a vinda de mais padres e recursos para as obras sociais no Brasil. Ao seu olhar de estrangeiro e militante católico, acrescenta-se também a do propagandista das missões belgas em terras brasileiras e a importância e a necessidade da continuação de tal obra.
No início de 1916, ele voltou para a Bélgica para se colocar à disposição do governo belga. Serviu nas trincheiras do exército durante dois anos e foi nomeado Major-Capelão do Exército. Logo depois da guerra, em 1918, voltou ao Brasil como participante de uma missão especial do governo belga. No fim de 1919 faleceu em Lovaina, Bélgica.

Apenas em 2003, 99 anos depois portanto da sua presença no Brasil, o livro foi publicado aqui  com o título Três anos no Brasil (Pelotas: EDUCAT, 2003).

Mais informações: http://www.belgianclub.com.br/pt-br/creator/schoenaers-gerard-1872-1919 e http://www.belgianclub.com.br/pt-br/tr%C3%AAs-anos-no-brasil-livro-do-padre-belga-thomas-schoenaers-de-1904

Apoie o mapeamento histórico e cultural da atuação das empresas belgas no Brasil

Empresas belgas deixaram e ainda deixam traços materiais de suas atividades e criatividade no Brasil. Referimos-nos, entre outros, à pontes, estradas de ferro, estações e material rodante ferroviário, ladrilhos e azulejos, vitrais e esculturas.

Um inventário dessa herança histórica está sendo criado e pode ser visto no site do Belgian Club Brasil em http://www.belgianclub.com.br. Novas descobertas estão constantemente sendo incluídas no site.
Esta iniciativa tem sido apoiada por trabalho voluntário como por exemplo traduções, edições de textos e fotografias, e patrocinadores. Estamos muito agradecidos à Barry Callebaut, nosso patrocinador atual. Gostaríamos muito de contarmos, em breve, com o nome e logotipo da sua empresa no site. Mais e detalhadas explicações sobre nossa política de patrocínio podem ser encontradas na página http://www.belgianclub.com.br/pt-br/patrocinador.
Leia Mais
Copyright © 2020 Patrimônio belga no Brasil, All rights reserved.


Deseja alterar a forma como você recebe esses e-mails?
Você pode atualizar sua inscrição ou cancelar a assinatura.


Email Marketing Powered by Mailchimp